A demanda por serviços de vidraçaria é um dos que mais cresce hoje em dia.

E se você está querendo abrir o seu próprio negócio, mas não sabe como montar uma vidraçaria, então esse guia vai te ajudar a dar o pontapé inicial no seu projeto.

Isso mesmo!

Além de ser um mercado já consolidado, várias novas tecnologias estão surgindo nesse meio e criando inúmeras oportunidades para empreendedores que desejam investir e ganhar dinheiro oferecendo serviços de vidraçaria.

A verdade é que o vidro é um material que tem sido cada vez mais empregado em muitos lares e estabelecimentos comerciais.

Seja na confecção de janelas, ou mesmo em itens de decoração, o vidro está presente de alguma forma em diferentes espaços atualmente. Logo, abrir um negócio do gênero pode garantir um excelente faturamento mensal.

Continue lendo esse artigo, e descubra:

  • Passo a passo para saber como montar uma vidraçaria de sucesso;
  • Quais erros deve evitar ao montar uma vidraçaria;
  • O que fazer para melhorar os serviços de uma vidraçaria caso já possua esse tipo de negócio.

Confira!

Como montar uma vidraçaria de sucesso: Passo a passo

Para você que deseja saber como montar uma vidraçaria com pouco dinheiro, ou mesmo para quem possui um bom capital e quer investir nesse segmento cada vez mais promissor, mas não sabe por onde começar, é importante entender que existem alguns passos básicos, porém fundamentais que devem ser seguidos para conseguir tirar a ideia do papel e colocá-la em prática com sucesso.

Muitos empreendedores acabam tendo dificuldades e até mesmo fechando as portas, por não seguirem as etapas necessárias.

Isso porque, cada uma delas é importante para que o empreendimento chegue ao mercado já bem estabelecido, e com um bom plano de ação.

Por isso, separamos nesse post um passo a passo simplificado para você que quer saber como montar uma vidraçaria pequena, mas que pode trazer excelentes lucros em pouco tempo.

Confira!

1.    Adquira o máximo de conhecimento sobre o assunto

Responda com sinceridade, qual o seu conhecimento sobre vidros ou vidraçaria?

Para abrir uma vidraçaria a primeira coisa que você precisa fazer é adquirir conhecimento técnico sobre o assunto.

O mercado apresenta uma ampla variedade de opções que você pode oferecer no seu negócio, mas isso só será possível se você tiver um amplo conhecimento nesse ramo.

Quando o cliente chegar solicitando o orçamento, você precisa ter facilidade para mensurar os valores.

E no caso de clientes que desejam projetos decorativos, também é necessário estar preparado para elaborá-los. Por isso, capacite-se e busque conhecimento antes de qualquer coisa.

2.    Fique de olho na concorrência

O segundo passo para saber como montar uma vidraçaria de sucesso é dar uma boa verificada na concorrência.

Apesar do mercado ser amplo e oferecer espaço para mais empreendedores, é necessário verificar o que os seus concorrentes estão oferecendo.

Dessa forma, você terá a chance de trazer algo de diferente e inovador para o mercado, que possa atrair mais clientes e lhe deixar sempre um passo à frente da concorrência.

Por exemplo, se os seus concorrentes não trabalham com projetos decorativos, seria uma boa alternativa investir nesse segmento.

Só com essa escolha você já teria uma excelente vantagem competitiva.

3.    Escolha uma localização privilegiada

A localização faz toda a diferença. Para o seu negócio ter uma boa clientela, ele precisa ser de fácil acesso e estar em um local movimentado.

Muita gente fica na dúvida, por exemplo, de abrir uma vidraçaria em bairros residenciais.

Essa pode ser uma boa alternativa, tendo em vista que boa parte da demanda de vidros vem de residências.

Contudo, é importante instalar o seu ponto em uma rua ou avenida que apresente um bom fluxo de pessoas.

Por isso, não deixe de analisar com calma a localização que você deseja instalar o seu negócio.

Além disso, também é importante optar por áreas estratégias.

Ou seja, locais com um bom espaço para estacionamento e que fiquem próximos também de estabelecimentos comerciais que atuam fora do seu nicho de mercado.

4.    Infraestrutura

De modo geral, a infraestrutura de uma vidraçaria se resume a dois ambientes.

Um localizado nos fundos onde toda a parte de produção irá acontecer, bem como onde os equipamentos e matéria prima ficarão armazenados, e uma à frente para a parte de vendas.

Um espaço de 50m² já pode comportar uma vidraçaria de porte pequeno.

Além disso, é preciso providenciar alguns equipamentos básicos.

São eles: mesa de madeira, lixadeiras, diamantes para corte e furadeira. Com o passar do tempo você poderá (e deve) investir em novos equipamentos e melhorias na infraestrutura.

Mas a princípio isso já é o suficiente.

5.    Equipe de funcionários

O próximo passo para saber como montar uma vidraçaria está relacionado à contratação de funcionários.

Vidraceiro trabalhando com vidro

De maneira geral, uma vidraçaria é um tipo de negócio que não necessita de muitos colaboradores.

Mas, se você deseja ter pessoal suficiente para atender as demandas dos clientes, alguns serão necessários. Pelos menos dois ou três.

Uma boa solução é, caso a demanda fique muito alta, contratar funcionários temporários.

Dessa forma, você não terá que se preocupar uma equipe grande quando não houver necessidade.

1.    Investimento é necessário

E claro que não podemos esquecer da parte do dinheiro.

De maneira geral o investimento inicial para abrir uma vidraçaria de pequeno porte é em torno de R$ 15 mil.

Isso já inclui desde a compra de equipamentos até a contratação de funcionários. Mas, uma coisa importante que você precisa ter em mente é o capital de giro.

Ele vai variar conforme o porte do seu negócio, mas no caso de uma de pequeno porte, em média ele deve ser de R$ 5 mil.

2.    Não esqueça da divulgação

E o último passo, mas não menos importante, é a divulgação. Na verdade, essa é uma das etapas mais importantes na hora de abrir uma vidraçaria.

Sem uma boa divulgação, dificilmente você conseguirá ter um retorno satisfatório.

Nesse sentindo você precisa focar em alguns aspectos. São eles:

  • Ter uma fachada chamativa;
  • Ter páginas nas redes sociais;
  • Investir em flyers e cartões de visita;
  • Contar com um site profissional;
  • Ter vários canais de atendimento.

Esses são os principais passos para montar uma vidraçaria.

Cada um deles tem sua importância dentro do processo, por isso é importante não pular nenhum deles para garantir o sucesso do seu negócio.

Erros que devem ser evitados ao montar uma vidraçaria

Agora que você sabe como montar uma vidraçaria, é importante ficar atento também a alguns erros que devem ser evitados quando se deseja abrir um negócio desse tipo.

Geralmente, empreendedores iniciantes que estão na ânsia de ganhar bons lucros rápido costumam cometer alguns erros bobos que se não forem evitados ou corrigidos a tempo podem comprometer o crescimento e sucesso do negócio.

Confira abaixo alguns dos erros que se precisa evitar para abrir uma vidraçaria de sucesso:

1.    Não ter um planejamento do seu negócio

O primeiro grande erro é não elaborar o planejamento do negócio.

Esse tipo de documento é essencial para qualquer empreendimento. Isso porque, ele servirá de guia para o empreendedor.

Nele serão elencados todos os passos e informações importantes para a abertura e andamento do negócio.

Desde o investimento inicial, até o que precisa ser comprado e etc.

Sem um bom plano de ação as chances de você acabar tomando alguma decisão errada são muito grandes.

Afinal de contas, você não terá onde se basear para saber se está no caminho certo ou não.

Por conta disso nunca deixe de elaborar o seu planejamento para saber exatamente o que precisa ser feito.

2.    Não manter o controle do Caixa

Sem sombras de dúvidas esse é um erro que faz a maioria dos negócios fechar.

Muitos empreendedores não mantem um bom controle de Caixa.

Ou seja, eles não anotam ou gerenciam as entradas e saídas do empreendimento, e isso é um grande erro.

Isso porque, sem esse tipo de controle fica impossível saber se o negócio está realmente gerando lucros.

As contas começam a ficar cada vez mais confusas até que o empreendedor se vê em saldo negativo.

Outra situação muito comum que acontece por conta dessa falta de controle é misturar despesas pessoais com as da empresa.

E isso pode ser ainda mais prejudicial, além de ser totalmente anti-profissional.

Nunca se deve associar as contas pessoais com as da empresa.

Elas precisam ser tratadas como coisas totalmente distintas!

Por isso é importante ter um fluxo de caixa bem controlado.

Inclusive, o ideal é utilizar um software voltado para esse tipo de função. Assim será ainda mais fácil controlar essas despesas.

3.    Não investir no meio online

Quem não está no meio online praticamente não existe no mercado atual, pois as pessoas tem utilizado a internet para tudo.

Logo, se você não está “na rede”, está perdendo dinheiro.

Ter uma página no Facebook e um site profissional são coisas básicas para qualquer empreendedor que deseja estabelecer um lugar no mercado.

Por isso é importante investir no meio online.

Inclusive, é recomendando que o empreendedor se especialize em marketing digital ou contrate um especialista para se encarregar de toda essa parte de gerenciamento de redes sociais, site, links patrocinados e ações de marketing na web.

4.    Não reinvestir no seu negócio

Não reinvestir no seu negócio também é um grande erro.

É justamente isso que faz a produtividade cair, bem como a qualidade dos produtos e serviços.

Isso porque, os equipamentos tendem a ficar obsoletos, bem como os funcionários passam a não ter o conhecimento necessário para atender novas demandas com qualidade e eficiência.

Assim, pouco a pouco o seu empreendimento irá perder espaço até estagnar por completo.

Por conta disso, é essencial separar parte dos lucros para reinvestir no seu negócio.

Seja para a capacitação da equipe, ampliação da infraestrutura, compra de novos equipamentos, ou outros fatores que possam contribuir com o crescimento do empreendimento.

Esses são alguns dos principais erros que você deve evitar.

Lembre-se, para o seu negócio dar certo ele precisa ser encarado com seriedade desde o primeiro momento.

Já possui uma vidraçaria? Saiba o que fazer para fazer crescer o seu negócio

vidraceiro mexendo no vidro

Se você já possui uma vidraçaria, mas não está tendo os resultados esperados, é hora de promover mudanças e isso será possível colocando algumas (ou todas essas!) dicas em prática:

1.    Ofereça atendimento online

A primeira coisa para tornar o seu negócio mais competitivo é oferecer atendimento online.

Com a rotina corrida, muitas pessoas optam por falar com empresas via e-mail, chat ou até mesmo WhatsApp.

Isso porque além de ser rápido, o que as pessoas buscam hoje em dia é um atendimento que seja prático e que resolva o seu problema com objetividade.

Para otimizar essa questão de atendimento dentro do seu negócio, você deve investir em diferentes canais de atendimento online.

Inclusive, é válido investir em ferramentas de automação.

Dessa forma, mesmo que nenhum funcionário esteja online para atender os clientes, eles poderão esclarecer dúvidas com um chatboot programado para dar as respostas corretas.

2.    Invista em capacitação constante

Outra dica importante para melhorar os serviços da sua vidraçaria é investir em capacitação constante.

A verdade é que novas tendências e tecnologias surgem quase que diariamente.

E para atender as demandas do mercado você precisa se manter atualizado sobre todas elas.

Por exemplo, os vidros com proteção UV tem se tornado muito populares.

Isso porque eles garantem a proteção de móveis e pessoas. Logo, se especializar na produção e confecção desses vidros pode ser uma boa alternativa.

Além disso, é importante também deixar a sua equipe sempre atualizada.

Afinal de contas, é ela que te ajudará diretamente a atender os clientes e prestar os melhores serviços.

3.    Melhore a experiência dos clientes

A experiência dos clientes é um dos principais fatores para qualquer tipo de empreendimento.

Se você tiver consumidores satisfeitos, é garantia de sucesso!

Isso porque, quando as pessoas se sentem satisfeitas com um produto e serviço, bem como com a experiência de compra, eles tendem a divulgar para os amigos e familiares.

Com isso, seu empreendimento ganhará ainda mais alcance.

E como melhorar a experiência dos clientes? Isso pode ser feito otimizando desde o atendimento até a entrega, instalação dos vidros e pós-venda.

É importante fazer cada uma dessas etapas com excelência, de modo a garantir que os consumidores fiquem plenamente satisfeitos.

Com essas dicas simples você verá como a sua vidraçaria terá resultados ainda melhores.

Conclusão

Agora que você já sabe o que precisa para montar uma vidraçaria, será mais fácil montar o seu negócio do zero.

O mercado de vidros é bastante concorrido, contudo, se você seguir os passos e dicas acima, provavelmente conseguirá se destacar dentro dele.

É preciso ter em mente, principalmente, que qualquer negócio que deseja se manter lucrativo precisa se atualizar constantemente.

Logo, abrir o seu empreendimento é apenas o primeiro passo. Daqui para frente será necessário se manter em constante aperfeiçoamento.

Sabendo como montar uma vidraçaria, e o que fazer para manter o seu negócio competitivo, será mais fácil conquistar o seu espaço! Por isso, não deixe de investir e boa sorte no seu novo projeto!

Ficou com alguma dúvida sobre como abrir uma vidraçaria? Deixe nos comentários que nós iremos te ajudar!